Transparência: quanto custa uma roupa Alle Röcke?

Eu sempre reflito muito sobre a Black Friday, e a cada ano que passa gosto menos ainda dessa data…por inúmeros motivos, entre eles: compra por impulso, consumo excessivo, descontos irreais, peças fabricadas com qualidade duvidosa, e o que mais nos impacta: preço de venda abaixo do custo.

Sim, para conseguirmos dar um desconto “expressivo” nas peças, significa que no final das contas não estaremos conseguindo pagar o custo daquilo. Claro que muitas vezes ações promocionais são necessárias para manter o negócio rodando. Quando o estoque está parado e alto, precisamos colocar em prática algumas ações de desconto para gerar maior fluxo de caixa e conseguir “pagar as contas”. Mas, um negócio que vive apenas de promoção não é sustentável.

Para entender de forma bem clara e transparente o que estou falando, imaginei que seria legal mostrar para vocês como o preço das nossas peças é composto. Todos prontos para um pouco de matemática? 😉

O que compõe o preço das nossas peças hoje?

MATÉRIA PRIMA: 17% 

DESENVOLVIMENTO E PRODUÇÃO: 22%

EMBALAGEM: 3,5%

CUSTOS OPERACIONAIS: 15%

DESPESAS COM VENDAS: 25%

IMPOSTOS: 5,5%

DOAÇÃO CHILD FUND BRASIL: 5%

LUCRO OU REINVESTIMENTO: 7%

Mas o que tudo isso significa?

Vamos pegar como exemplo a saia Sonho Midi, que tem o valor de R$ 259,90 na loja:

MATÉRIA-PRIMA– engloba tecido, forro, zíper, botão, linha, fio, entretela, etiquetas etc. Este custo é bem variável, pois a base do tecido, a estamparia e a quantidade de tecido utilizada influenciam bastante em seu custo total. O que influencia também é que em 90% das peças utilizamos tecidos de indústrias brasileiras que possuem as certificações necessárias de qualidade e sustentabilidade ambiental. R$ 44,18

DESENVOLVIMENTO e PRODUÇÃO– envolve as horas de desenvolvimento da peça (modelagem), horas de corte, horas de costura, e de finalização (passadoria e embalagem). Ou seja, quanto mais complexidade na modelagem, maior será a complexidade do corte e costura, que impactam nas horas gastas de produção. O mais importante é que todas as pessoas envolvidas no processo são remuneradas adequadamente. Outro fator que influencia aqui é que produzimos em baixíssima escala, o que faz o custo de produção ser mais elevado comparado ao de grandes marcas, mas por outro lado compensa na unicidade da sua peça. R$ 57,18

EMBALAGEM– tudo que envolve e protege o produto para que ele chegue até você com muito carinho: caixas, sacolas ecológicas, tags, e outros mimos que você descobre assim que recebe seu pedido. 😉 R$ 9,09

CUSTOS OPERACIONAIS e ADMINISTRATIVOS– todos os custos necessários para manter a operação funcionando: aluguel, taxas de e-commerce, taxas financeiras de pagamento, taxas bancárias, taxas serviços terceirizados (contábeis, jurídicos etc.), alvará de funcionamento, assistente administrativo, entre outros. R$ 38,98

DESPESAS COM VENDAS– comissões de revendedores e marketplaces, e ações que visam promover a marca em geral, como patrocínios, eventos, mídia paga etc. R$ 64,97

IMPOSTOS: regime Simples Nacional e outros tributos recolhidos atuais (os impostos sofrem alteração anual, e também conforme crescimento do faturamento). R$ 14,29

DOAÇÃO CHILD FUND BRASIL– se você ainda não sabe, doamos 5% do valor de todo produto vendido na loja (e em marketplaces parceiros) para a instituição, visando contribuir para o desenvolvimento de crianças em situação de vulnerabilidade social. R$ 12,99

LUCRO ou REINVESTIMENTO– este montante é o que “sobra” desta conta toda. Por enquanto, como a Alle Röcke está em crescimento, ainda não consegue de fato lucrar. Ou seja, usamos este valor para investir de volta no negócio, visando a estabilidade da marca. R$ 18,19

Esta conta toda é baseada na quantidade de peças vendidas mensalmente hoje, e no tamanho da operação atual. Conforme crescimento (maior quantidade de peças vendidas e maior faturamento), os custos fixos por peça tendem a diminuir, o que melhora a perspectiva e índice de lucratividade do negócio. 🙂

O que eu queria dizer com tudo isso, afinal? 

Deu para entender por que não costumamos oferecer descontos tão altos na loja? Quando aplicamos descontos, quer dizer que o valor de venda naquele momento não irá pagar todos os custos envolvidos na nossa operação. Em descontos de queima de estoque por exemplo, o valor da peça promocional serve apenas para pagar os custos já gastos com a matéria-prima e produção praticamente, sendo que o restante dos custos e despesas iremos “bancar”, visando evitar que o estoque fique muito tempo parado ou alto demais.

Isso porque nosso preço é formulado de forma justa. Muitas marcas optam por colocar uma margem de lucro bem mais alta, e assim poder aplicar descontos de 50% ou mais sem impactar tanto os resultados financeiros. No entanto, como trabalhamos com uma pequena margem, aplicamos descontos reais, ou seja, descontos que não parecem tão expressivos ao olhar do consumidor, mas que operam no limite do que conseguimos deixar de faturar para manter a operação.

Agora que você viu como funciona, a gente te convida a consumir de forma mais consciente com a gente! Vamos juntos?

Super beijo,

Letícia

 

 

Etiquetas: , , , , ,

Comentários (5)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *